João da Silveira

Domingo, 24/01/2021

Janeiro 2021
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
18 19 20 21 22 23 24

 

CHINA : O ESTADO DA PRODUÇÃO E DO COMÉRCIO na segunda-feira : O PIB cresceu 2,3% em 2020, seu mais baixo crescimento desde 1976 (Orange Wang et al.). A forte retomada econômica no segundo semestre de 2020 indica que a China pode crescer até mais do que vinha crescendo antes da pandemia… Thales Guaracy escreve sobre o que a China ensina ao Brasil. Seu artigo abre com o bordão USAmericano de que a China ameaça o mundo. Guaracy, ousado, recomenda aos mais esclarecidos que, apesar da ameaça, a China tem boas lições para o Brasil. E se o Brasil seguir mesmo as boas lições da China? O Brasil não vai também ameaçar o mundo? Liberte-se, Guaracy, dos bordões USAmericanos! A China não ameaça o mundo. A China só promove a produção e o comércio. E o comércio, como dizia Montesquieu, est doux. Quem ameaça o mundo é USAmérica com suas especulações, sanções e bombas!… Na quinta-feira : Porque as ações chinesas devem superar o mercado especular USAmericano (Goldman e Parpart)…

 

USAMÉRICA : O ESTADO DA GUERRA na segunda-feira : Como as políticas neoliberais de Biden alimentam o surgimento de um Trump mais esperto e mais estável (Glenn Greenwald) e, na terça-feira, uma nova guerra doméstica ao terror está chegando… O espírito do tempo quer o que o espírito do tempo quer (J. Howard Kunstler)… Na quarta-feira : Até onde sei, O Saker não é seguidor de Trump, mas escreve da parte dos perdedores na eleição USAmericana. Os adversários triunfaram, sim, mas O Saker não acredita que seja para valer, que seja de verdade, pois eles estão fora da realidade do mundo, eles se iludem, delirantes. Ele divide o mundo em duas zonas: Zona A e Zona B. Zona A é a do que ele chama de Anglo-Zionist Empire, dela fazendo parte a Inglaterra, Estados Unidos e Israel, Austrália, Canadá, Nova Zelândia. O Império Anglo-Zionista está no fim, sem saída concreta, sem esperança, só delírios. Já a Zona B é composta pelo resto do mundo, é a realidade do mundo, onde estão as esperanças…. Na quinta-feira : O futuro das guerras no Estado da Guerra (Danny Sjursen)….

 

BRASIL : GOVERNO COMPLACENTE na segunda-feira : Num evento político já visando a eleição presidencial de 2022, o ministro da Saúde Eduardo Pazzuelo deu início à distribuição da CoronaVac, com a presença de 10 governadores. O evento foi em Guarulhos, nas barbas do governador João Dória, para que ele visse o porrete do presidente… Na quarta-feira, a newsletter da Folha mostrou como vai sua campanha pelo impeachment do presidente: A morte de pacientes por falta de oxigênio em Manaus e os fracassos em série do planejamento federal para aquisição e distribuição de vacinas contra a Covid-19 deram mais solidez ao embasamento jurídico passível de ser usado para abertura de um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro… Na quinta-feira a newsletter veio com mais isso: A análise das regras da Constituição e da Lei dos Crimes de Responsabilidade (1.079/50), os dois mecanismos jurídicos cabíveis, mostra a possibilidade de enquadramento de vários atos e omissões de Bolsonaro e do governo no enfrentamento da doença que já causou a morte de mais de 210 mil pessoas no país. A Folha compilou ao menos 23 situações em que Bolsonaro, em seus dois anos de governo até aqui, promoveu atitudes que podem ser enquadradas como crime de responsabilidade, e que vão da publicação de um vídeo pornográfico em suas redes sociais no Carnaval de 2019 aos reiterados apoios a manifestações de cunho antidemocrático… Já a tese de que o governo federal adotou “uma estratégia institucional de propagação do vírus, …sob a liderança do presidente da República” é certamente um exagero dos impichistas linha dura. Bolsonaro é mesmo toupeira. Seu governo é toupeira. O que falta nele e no seu governo é inteligência, mesma coisa que faltou em Trump e no governo Trump. Daí a dizer que houve “estratégia institucional de propagação do vírus” é argumento de má fé…  Enquanto isso, gritava-se na Carta Capital que o “impeachment de Bolsonaro é questão de vida ou morte“. Daniel Dourado certamente não sabe da visão rabelaisiana de que a vida é morte e a morte é vida… Ao mesmo tempo, governadores e a base de Bolsonaro cobraram mudanças na relação de seu governo com a China (Guilherme Waltenberg e Brenno Grillo). Eu, se fosse Bolsonaro, mudava. Começava por agradecer e dispensar os serviços do chanceler Ernesto Araújo. Bolsonaro que é Bolsonaro fez foi negacear dizendo que “impasse com China e Índia é ‘burocrático’ não é ‘político’“. Bolsonaro é mesmo toupeira… No sábado, a oposição fez atos e carreatas pelo impeachment em 45 cidades, pelo menos 21 capitais entre elas. A coisa está esquentando….

,