Sacrifício de Inocentes

 

João E. da Silveira

4/4/2019

 

De repente, FlaviaRN perguntou pelo WhatsApp: “Gostaria de saber sua opinião sobre a decisão do STF que entendeu legítimo o sacrifico de animais em rituais religiosos” e minha resposta saiu assim: “Não conheço da decisão. Pessoalmente não me agrada porque não me agrada o sacrifício a divindades em rituais religiosos. Acho que nenhum ser animado merece tal finalidade, até porque as divindades geralmente não a merecem. A coisa seria razoável se o sacrificante e o sacrificado partilhassem da mesma fé na divindade. Assim: ovelha e pastor compartilham da mesma fé e têm a mesma comprensão do sacrifício que está sendo feito. É o caso, por exemplo, de homens e mulheres que se apresentam para se explodirem por uma causa qualquer. Quanto a animais que não compartilham dos mesmo valores, acho absurdo legitimar o sacrifício de um pelo outro, pois será sempre o sacrifício de inocentes. Além de absurdo, sacrifício de inocente é crime! Sei lá! Penso nessas coisas só porque você perguntou…”