Caro Senador,

Temer tem que se preocupar também com o TSE, pois ainda que Dilma seja impichada e ele assuma a Presidência, ainda assim ele poderá ser alcançado e cassado pelo TSE e aí ele cairá como presidente, o que será muito duro. Então, não basta unir o PMDB, construir maiorias no Congresso e chegar à Presidência. Será preciso separar-se de Dilma também no TSE e ele cuida disso já a algum tempo…

Abr.,

João