Mês: dezembro 2016

“Fake News”

Tucker Carlson takes on Vox reporter Timothy Lee   Dec. 09, 2016   The End of Alt-Media = The End of Donald Trump   09/12/2016  ...

Ler mais

Capital

O Capital e o Fim do Capitalismo   João da Silveira 06/12/2016   Apenas por essa resenha de Martin Wolf do livro de Wolfgang Streeck, How will capitalism end, fico com a desconfiança de que Streeck confunde o fim do Império Americano com o fim do capitalismo. A expressão “fim do capitalismo” é um clichê. O livro aparentemente está cheio de clichês. O livro tem discussões interessantes, como a discussão das várias crises pelas quais tem passado o capitalismo. Mas o capitalismo per se nada mais é que uma ideologia. (O socialismo, por sinal, é outra ideologia, outro clichê.) E como tal ela simplesmente desaparece tão logo deixamos de falar em capitalismo e passamos a falar em capital, pois o capital, diferentemente da sua ideologia já sobrecarregada de clichês, é outro nome para civilização. Acumular capital é civilizar-se. Destruir capital é descivilizar-se. Europa e Estados Unidos estão saturados de capital e estamos vendo a acumulação de capital marchar em grande escala para outras regiões do mundo, para a China, para o Sudeste Asiático, para a Índia, para a Rússia e para o Irã. A grande questão do momento não está, portanto, no fim do capitalismo, mas no fim do Império Americano. A grande e real discussão está em conter o imperialismo americano sem cair em desatinos e destruição de capital, sem cair na destruição da própria civilização. Como o capitalismo...

Ler mais

Política

A nova força política   O povo encontrou como vocalizar, como se expressar e mostrar seu inconformismo Miguel Reale Júnior 03 Dezembro 2016   Na quinta-feira 17 de novembro, em preocupante conversa com o presidente do Instituto dos Advogados de São Paulo (Iasp), José Horácio Ribeiro, após revermos as informações que nos chegavam, concluímos ser necessário reagir com presteza ao plano que se gestava na Câmara dos Deputados para aprovar uma anistia não só do crime de caixa 2, mas também, e especialmente, de lavagem de dinheiro e corrupção relacionadas a campanhas políticas. Tive a tarefa de redigir um manifesto. Com uma minuta ainda a ser corrigida, o presidente do Iasp conseguiu a adesão de inúmeras entidades. Era necessário agir com urgência e combinar o institucional, o antigo, com o novo, o movimento social que arregimenta não uma classe, mas número indeterminado de pessoas identificadas por valores éticos, comunicando-se pelas redes sociais. Era preciso ter a concordância do Movimento Vem Pra Rua, do qual um dos líderes é Rogério Chequer. Institutos de Advogados da maioria dos Estados do Brasil aderiram, bem como a Associação dos Juízes Federais, a Associação do Ministério Público de São Paulo, o Movimento do Ministério Público Democrático, o Movimento de Defesa da Democracia, MDA, a Associação dos Magistrados de São Paulo, o Instituto de Direito Constitucional. E o Movimento Vem Pra Rua. Na segunda-feira 21...

Ler mais

Donald Trump

Is Donald Trump really only a showman who will prepare the USA for war?   The Saker Dec. 02, 2016 Let me begin by immediately say that I have the utmost respect for F. William Engdahl and that I consider him a person far more knowledgeable of US politics than myself.  Furthermore, I want to also make it clear that I am not going to refute a single argument Engdahl makes in support of his thesis simply because I believe that his arguments are fact-based and logical.  I strongly urge everybody to read Engdahl’s article “The Dangerous Deception Called The Trump Presidency” in the New Eastern Outlook and carefully consider each of his arguments.  Of course, Engdahl only offers indirect, circumstantial, evidence and only time will really show whether he is right or wrong.  What I propose to do today is to consider the other possibility, that in spite of all the evidence presented by Engdahl, Trump might not be a fraud and a showman.  You will see that this conclusion is not necessarily more optimistic than Engdahl’s. My main argument is much more primitive than Engdahl’s and even more circumstantial: I see clear signs of a *real* struggle taking place inside the US elites and if, indeed, such a struggle is taking place, then I conclude that Trump is not a showman who has been “selected” (to use Engdahl’s words)...

Ler mais
  • 1
  • 2