Mês: novembro 2015

Oligarcas Abusados

Caro Senador, Elio Gaspari escreve, hoje, que a “Lava Jato criou o primeiro embate do Estado brasileiro com a oligarquia política, financeira e econômica que controla o país. Essa oligarquia onipotente vive à custa de ‘acordões’ e acreditava que gatos gordos não iam para a cadeia. Foram, mas Marcelo Odebrecht não iria. Foi, mas os políticos seriam poupados e a coisa nunca chegaria aos bancos. Numa mesma manhã foram encarcerados o líder do governo no Senado e o dono do oitavo maior banco do país. Desde o início da Lava Jato a oligarquia planeja, combina e quando dá tudo errado ela diz que a vaca vai para o brejo.” Sendo assim, podemos dizer que se Delcídio caiu, Cunha deverá cair, Renan e Dilma podem cair… Só não podemos esquecer que as oligarquias são eternas, que existem oligarcas e oligarcas. Os que estão a cair são os que chamamos abusados ou homens cordiais; são os que transgridem rotineiramente a diferença entre o público e o privado. Os oligarcas que sabem acatar o limite entre o público e o privado, esses jamais cairão e são admirados entre os povos! Abr.,...

Ler mais

Oligarcas Abusados

Mensagem ao Senador: Oligarcas Abusados Caro Senador, Elio Gaspari escreve, hoje, que a “Lava Jato criou o primeiro embate do Estado brasileiro com a oligarquia política, financeira e econômica que controla o país. Essa oligarquia onipotente vive à custa de ‘acordões’ e acreditava que gatos gordos não iam para a cadeia. Foram, mas Marcelo Odebrecht não iria. Foi, mas os políticos seriam poupados e a coisa nunca chegaria aos bancos. Numa mesma manhã foram encarcerados o líder do governo no Senado e o dono do oitavo maior banco do país. Desde o início da Lava Jato a oligarquia planeja, combina e quando dá tudo errado ela diz que a vaca vai para o brejo.” – Se Delcídio caiu, Cunha deverá cair, Renan e Dilma podem cair… As oligarquias evidentemente são eternas e os que estão caindo são os que podemos chamar de oligarcas abusados. Os oligarcas que souberem acatar o limite entre os público e o privado, esses jamais cairão! Abr.,...

Ler mais

Lava Jato no Planalto

Caro Senador, O Estadão diz que a prisão de Delcídio mostra avanço da Lava Jato sobre o Palácio do Planalto: “A prisão do líder do governo no Senado, Delcídio Amaral, e do banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual, precipitaram o avanço da Lava Jato em sua investida sobre o Palácio do Planalto como origem do esquema sistematizado de corrupção no governo, desde o início do primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003”. Delcídio é descrito como homem de ligação entre os governos Lula e Dilma. Nesses governos a Casa Civil atuou como articuladora do esquema de corrupção na Petrobrás. Se colaborar, Delcídio tem muito a esclarecer, e a mulher dele, Da Maika, quer que ele colabore plenamente. O Estadão é favorável ao impeachment de Dilma. Abr.,...

Ler mais

Lava Jato Rumo ao Planalto

Mensagem ao Senador: Lava Jato Rumo ao Planalto: Caro Senador, O Estadão diz que a prisão de Delcídio mostra avanço da Lava Jato sobre o Palácio do Planalto. Trecho:  “A prisão do líder do governo no Senado, Delcídio Amaral, e do banqueiro André Esteves, dono do BTG Pactual, precipitaram o avanço da Lava Jato em sua investida sobre o Palácio do Planalto como origem do esquema sistematizado de corrupção no governo, desde o início do primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003”. – Delcídio é descrito como homem de ligação entre os governos Lula e Dilma. Nesses governos a Casa Civil atuou como articuladora do esquema de corrupção na Petrobrás. Se colaborar, Delcídio tem muito a esclarecer, e a mulher dele quer que ele colabore plenamente. Abr.,...

Ler mais

Liderança

Caro Senador, O Senhor não perde nada por estar ausente (viajando) nesta crise precipitada pela prisão de Delcídio. Seu nome foi ventilado entre os que podem assumir o lugar dele na liderança do governo. Até aí tudo bem. Ser lembrado nos momentos de crise significa para um político que ele está entre os que contam. Mas daí a aceitar de fato a liderança vai alguma diferença. Pelo que tenho assuntado, entendo que o Senhor já tem posicionamento correto, o que torna essa minha mensagem um tanto ociosa. Sua posição é, conforme me contam, não buscar a indicação e, caso venha a ser convidado, ponderar as vantagens e desvantagens da aceitação. Pessoalmente, tenho opinião já formada de que as desvantagens, no seu caso específico, superam em muito as vantagens. Portando digo, se convidado, não aceitar. A crise do governo Dilma está me parecendo terminal, podendo se precipitar ainda este ano. Já se noticiou até que Eduardo Cunha deferirá, na próxima semana, o pedido de abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Aguardemos para ver. Abr.,...

Ler mais
  • 1
  • 2