Autor: João

A terrível máquina de retrocesso econômico de Dilma Rousseff

A política econômica da presidente levou os brasileiros a reviver traumas como a inflação e a recessão, que pareciam já ter sido superados de forma definitiva pelos governos anteriores Giuliano Guandalini e Marcelo Sakate 11/12/2015 “Pode ser que ele tenha sido varrido para o passado e esteja agora entre os canibais hirsutos da Idade da Pedra; ou caído nas profundezas abissais do Mar do Cretáceo; ou esteja fugindo de lagartos grotescos, gigantescos monstros reptilianos dos tempos jurássicos…” H.G. Wells, em A Máquina do Tempo A passagem, extraída do epílogo do famoso livro do escritor inglês de ficção científica, pinta, mais de um século depois de sua publicação, um quadro real da viagem ao passado que a presidente Dilma fez o Brasil empreender. Em raros outros momentos da história o Brasil regrediu tão rapidamente em tão pouco tempo. Em certos aspectos, foram cinquenta anos em cinco – mas de atraso! É o caso da indústria. A produção regride continuamente, e a sua participação na produção econômica do país (produto interno bruto, o PIB) desabou para 10,9% em 2014, algo não visto há mais de seis décadas. Sua importância para a economia não era tão baixa desde 1950, ano em que o Brasil festejava a realização de sua primeira Copa do Mundo e vivia o início da industrialização, com a política de substituição de importações e a instalação de fábricas de carros...

Ler mais

Senadores de PMDB e PT lideram pendências no STF

Cerca de 40% dos 81 senadores estão sob investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). Quase metade dos investigados é do PMDB e do PT; PP e PSDB vêm na sequência POR EDSON SARDINHA E GABRIELA SALCEDO | 11/12/2015 15:33 Jonas Pereira/Ag. Senado Os senadores na tensa sessão que manteve a prisão do senador Delcídio do Amaral A prisão do primeiro senador no exercício do mandato desde a redemocratização ainda constrange o Senado. Mas Delcídio do Amaral (PT-MS) está longe de ser o único senador com problemas na Justiça. De cada dez senadores, quatro estão sob investigação no Supremo Tribunal Federal (STF). Dos 81 integrantes da Casa, pelo menos 30 respondem a inquérito ou ação penal na mais alta corte do país. Quase metade dos investigados são do PMDB e do PT. Juntos, esses dois partidos têm 13 nomes na lista dos senadores sob algum tipo de acusação criminal. Os dados são de levantamento feito com exclusividade pelo Congresso em Foco.Os senadores sob investigação, as suspeitas e suas explicações Entre os 19 peemedebistas com assento na Casa, nove são investigados por algum tipo de crime. Na mesma situação se encontram quatro dos 13 petistas. Em seguida, aparecem o PP e o PSDB, com quatro parlamentares cada. Na bancada do Partido Progressista, apenas Ana Amélia (RS) e Wilder Morais (GO) não respondem a inquérito ou ação penal. Há 11 tucanos no Senado. As suspeitas vão de crimes de corrupção,...

Ler mais

Temer e o TSE (2)

Caro Senador, Esse assunto, Temer e o TSE, nos coloca a seguinte indagação: até onde irá a Justiça no combate à corrupção? Por entre quais políticos passará a linha vermelha da Justiça, demarcando os que hão de cair? Digamos para discutir e por hipótese que metade dos parlamentares federais sejam corruptos. Estaria a Justiça pronta para cassar 256 deputados e 40 senadores? Não. Sabemos que a Justiça não funciona assim de forma cabal. Mesmo onde ela é bem aceita e respeitada, a Justiça funciona melhor quando o faz por meio de casos exemplares. Zé Dirceu, Delcídio, Marcelo Odebrecht são casos exemplares. Prezo em regime fechado, Zé Dirceu foi pro regime aberto e continuou a delinquir: voltou ao regime fechado. Perfeito! Cunha caminha pra ser outro caso. E Lula poderá ser o rei dos casos exemplares da atual conjuntura política. Mas até onde irá a Justiça brasileira no combate à corrupção? Sobre quem passará a linha vermelha? Abr.,...

Ler mais

Pedaladas

Mensagem ao senador: Pedaladas Caro Senador, Veja essa matéria sobre os técnicos do Tesouro, a contabilidade criativa e as pedaladas fiscais. Matéria fundamental para entendermos o que aconteceu. http://www.valor.com.br/pedaladas Abr.,...

Ler mais

Temer e o TSE (2)

Mensagem ao senador: Temer e o TSE (2) Caro Senador, O assunto Temer e o TSE nos coloca a seguinte indagação: até onde irá a Justiça no combate à corrupção? – Digamos para discutir e por hipótese que metade dos parlamentares federais sejam corruptos. Estaria a Justiça pronta para cassar 256 deputados e 40 senadores? Não. Sabemos que a Justiça não funciona assim de forma cabal. Mesmo onde ela é bem aceita e respeitada, a Justiça funciona melhor quando o faz por meio de casos exemplares. Zé Dirceu, Delcídio, Marcelo Odebrecht são casos exemplares. Zé Dirceu foi pro regime aberto e continuou a delinquir: voltou ao regime fechado. Perfeito! Cunha caminha pra ser outro caso. E Lula poderá ser o rei dos casos exemplares… Mas até onde irá a Justiça brasileira no combate à corrupção? Abr.,...

Ler mais